iwtraining

Por que aprender JavaScript? Front-end

Por que aprender JavaScript?

Se já antes podíamos dizer que a linguagem JavaScript era importante porque era a linguagem dos navegadores, hoje podemos dizer que ele é essencial por estar presente em praticamente todas as áreas de desenvolvimento: web, mobile, desktop e até hardware.

Claro, a associação dela com os navegadores a tornou uma das mais populares linguagens de programação do mundo. Ao mesmo tempo, é uma das mais incompreendidas. As APIs implementadas nos navegadores, como o DOM (Document Object Model) são péssimas, mal documentadas, pobremente especificadas e inconsistentes, e isso tem feito o JavaScript ser injustamente condenado.

Um ponto interessante sobre esta linguagem é que você pode começar a brincar com ela, e realizar suas tarefas com bem pouco conhecimento, podendo até ser sua porta de entrada para o mundo do desenvolvimento.

Analisando o JavaScript

O JavaScript é feito com algumas ideias muito boas e algumas poucas péssimas ideias. Entre as melhores ideias temos a implementação de funções, objetos dinâmicos, tipagem fraca e a notação literal de objetos. As ideias ruins incluem principalmente o conceito de programação com variáveis globais.

O JavaScript é uma linguagem muito dinâmica, ao contrário do Java (quem nunca confundiu as duas linguagens?) e tem mais em comum com Lisp e Scheme.

Um pouco de história

O JavaScript foi desenvolvido originalmente por Brendan Eich (da Netscape) sob o nome Mocha, e posteriormente foi rebatizado de LiveScript. Somente depois virou JavaScript. A mudança de nome de LiveScript para JavaScript coincide com a época em que a Netscape adicionou suporte a tecnologia Java no navegador Netscape.

O nome tem causado confusão, dando a impressão de que a linguagem é derivada de Java, e isso tem sido caracterizado por muitos como um truque de marketing da Netscape para dar ao JavaScript o selo de que era a linguagem de programação web do momento.

A Microsoft chamou de JScript seu dialeto da linguagem para evitar problemas de marca. JScript foi suportado primeiramente no Internet Explorer 3.0 (Agosto, 1996). Os dialetos são considerados tão semelhantes que os termos “JavaScript” e “JScript” são muitas vezes utilizados alternadamente.

A Netscape apresentou o JavaScript para ECMA International, padronizado, resultando na versão do chamado ECMAScript.

ECMAScript

O ECMAScript, a linguagem definida na especificação ECMA-262 é uma especificação que define a base sobre as quais uma linguagem deve ser desenvolvida. O que exatamente essa especificação cobre? Basicamente, as seguintes partes da linguagem:

  • Sintaxe
  • Tipos
  • Condicionais
  • Palavras reservadas
  • Operadores
  • Objetos

Está com duvidas?

Aluno iwtraining tem acesso a um fórum exclusivo para discutir com os instrutores e outros alunos. Acesse agora mesmo!

Share this article

Em seus 12 anos de experiência, tanto em design como em desenvolvimento, trabalhou em diversos projetos, muitos de grande porte, para clientes como Banco do Nordeste, Sebrae, Anna Pegova, Grupo Deib Otoch, dentre outros. Como designer, trabalha com o Adobe Photoshop desde a versão 3.0, além do Illustrator, sendo certificado pela Adobe (ACE e ACI) nestes softwares. Como desenvolvedor, foca seus esforços atualmente no ActionScript 3.0 (Plataforma Flash) e Objective-C (iOS). Ministra, desde 2005, treinamentos na @iwtraining para estudantes e profissionais, além de grandes empresas como Cagece, TRE, TRT, Esmaltec, Grupo Edson Queiroz, Sebrae, Senac, Correios.

Posts Relacionados

Deixe um comentário